26 fevereiro, 2007

De onde vem a canção

Letra: Lígia Moreli
Música: Armando Moreli

De onde vem a voz
De onde vem o som
De onde vem a luz que revela uma canção
Uns chamam inspiração, um não sei que que a gente sente
Rascunho, pranto de emoção, um grito do incosciente

Sonho um campo de canções
onde brotam versos de Cartola
pensamentos abrem-se em botões
em Alvorada, A Sorrir, Disfarça e Chora

Cato a poesia alheia pois não há quem creia que já sei compor
Perco o fio da meada, vou do nada ao nada, rima sem valor
Rápida estrela cadente, e de repente chega a inspiração
Eu faço destes versos verdes, surgir a semente da nova canção

3 comentários:

Bruno Ribeiro disse...

Lindo!

Ronaldo Faria disse...

Bela canção. Bela intérprete.
Ronaldo Faria

Ricardo disse...

acho que te vi cantar uma única vez... na faculdade... com o wellington no violão... que bom te ouvir de novo agora esta cantora que você se tornou...